Sobrecarga na instalação elétrica: saiba como evitar

sobrecarga

A sobrecarga na instalação elétrica é um problema enfrentado em muitos imóveis, prejudicando o bem-estar e a qualidade de vida dos moradores. Este tipo de dano acontece por causa do excesso de eletrodomésticos e eletrônicos que estão conectados a rede elétrica. O grande motivo para ocorrer os problemas na instalação elétrica residencial é a falta de uma adequação da rede elétrica. Desta forma, tanto as casas novas como as antigas ficam vulneráveis ao consumo um pouco mais elevado de eletricidade. Quando a rede elétrica está mal instalada e apresenta danos frequentes por causa das sobrecargas, é necessário tomar alguns cuidados para não ser prejudicado ou colocar a família em perigo.

Dicas para evitar sobrecarga na rede elétrica:

  • Os primeiros sinais de que há algo errado com as instalações devem ser levados a sério. Caso o morador veja fios desencapados, tomadas penduradas e fiação exposta, ele deve procurar um profissional qualificado para solucionar o problema.
  • Na hora de instalar equipamentos como ar condicionado, chuveiros mais fortes ou motor para piscinas, por exemplo, é importante chamar um técnico para que ele realize uma avaliação da rede elétrica da casa. O imóvel pode não estar preparado e a análise ajuda a evitar sobrecargas.
  • A sobrecarga de energia pode ser evitada ao reduzir o número de extensões e benjamins em casa. Os moradores costumam recorrer a estes acessórios devido à falta de tomadas em casa.
  • A casa antiga tem mais chances de sofrer com a sobrecarga de energia, por isso é recomendado realizar uma reforma no sistema elétrico a cada cinco anos. Esta avaliação permite diagnosticar problemas e repará-los.
  • Quando os fios e cabos apresentam sinal de aquecimento, é necessário contratar um eletricista para fazer um check-up. Ele pode identificar que a instalação usada pela casa é inadequada para as necessidades dos moradores.
  • Os moradores devem comprar eletrodomésticos e eletrônicos com intensidade de corrente elétrica compatível com a residência. As pessoas que não reconhecem os limites da propriedade e acabam comprando vários itens, sem antes fazer uma revisão nas instalações, podem sobrecarregar a rede.

Cuidados  
Verifique com certa frequência o valor da corrente nominal (Ampéres) ou potência nominal (Watts) do circuito, antes de ligar ou instalar novos equipamentos. Caso seja necessário, efetue um aumento de capacidade do circuito por intermédio de um profissional habilitado.

Saiba quais os aparelhos com potência elevada:

  1. Forno de microondas
  2. Máquina de lavar louça
  3. Chuveiro, torneira e aquecedor elétrico de água
  4. Máquina de secar roupa
  5. Ferro de passar roupa
  6. Ar condicionado
  7. Fogão e forno elétrico
  8. Secador de cabelo
  9. Aquecedor de ambiente, entre outros.

Importante
Alguns fabricantes informam na embalagem do equipamento eletrônico, os valores recomendados para os condutores e dispositivos de proteção (disjuntor ou fusível). Use sempre produtos conforme as normas técnicas da ABNT.

 

Fonte da imagem: www.dreamstime.com
Fonte: www.programacasasegura.org

, , , ,