Quais aparelhos são os maiores vilões do consumo de energia elétrica

5-aparelhos-mais-consomem-energia

A vida moderna está cada vez mais dependente da energia elétrica. Visto que diversas funções domésticas que antes eram feitas manualmente agora tem sido transferida para aparelhos eletroeletrônicos. Muitos desses consomem pouca energia, mas outros são os vilões e eles têm grandes responsabilidades pelo alto valor das contas de luz no final do mês.

Quais são eles?

Entre os que mais gastam estão aqueles que produzem calor, como: chuveiro, ar condicionado, ferro de passar e a geladeira, por exemplo. Esses aparelhos devem estar bem regulados e seu uso deve obedecer algumas regrinhas que poderá ajudar muito na economia de energia elétrica.

Chuveiro: É o eletrodoméstico que mais gasta energia em uma casa, por isso mesmo deve ser usado com bastante critério. Tomar banhos mais curtos e desligar o chuveiro para ensaboar são boas práticas. Além disso, sempre que possível usá-lo na posição de água morna que além de economizar energia é melhor para a pele. Se você usar um chuveiro com potência de 4.500 watts durante 30 horas por mês, gastará 135 kWh.

Ar condicionado: Ele deve ser usado em dias realmente quentes e é importante comprar um equipamento compatível com o tamanho do ambiente em que ele será usado. Quanto mais BTUs (Unidade Térmica Britânica, que mede a capacidade de resfriamento do aparelho) tem um ar-condicionado, mais energia ele consome. O ar-condicionado de 2.600 W (18000 BTU/h), se ligado durante 45 horas/mês, consome 117 kWh.

Geladeira: Ela tem um problema que é o fato dela ficar ligada constantemente, embora na prática ela fique ligada o tempo todo. Mas para evitar desperdício de energia é preciso manter a porta fechada. O efeito abre e fecha com muita frequência poderá obrigar a geladeira a ficar mais tempo ligada e consequentemente gastando mais. Outra dica: sempre que abrir a porta pegar ou colocar de uma única vez tudo aquilo que você precisa e assim evitar o abre e fecha desnecessário. Uma geladeira com 200 W, se for utilizada pelo período de 300 horas/mês, gastará 60 kWh de energia.

Máquina de lavar roupas: Acumule o maior número de peças de roupa para colocar na máquina de lavar. Use a capacidade máxima determinada pelo fabricante da lavadora. Utilize a quantidade adequada de sabão, para não repetir a operação de enxágue. Se lavadora de roupas tiver 1.500 W, e ficar ligada durante 15 horas, gastará, em um mês, 22,5 kWh.

Ferro elétrico: Também é outro candidato a vilão e por isso a dica é juntar o maior número possível de peças de roupas e depois passar de uma única vez, evitando o efeito liga e desliga do ferro. Aquecê-lo uma vez só e passar todas as roupas é uma boa prática de uso e deve ajudar na economia de energia. Um ferro de 1.000 watts, usado durante 15 horas/mês, consome 15 kWh.

Micro-ondas: Se utilizado por 15 horas/mês, um forno de micro-ondas padrão gastará 19,5 kWh. Por isso, quando possível, prefira o fogão a gás.

Secador de cabelo: Embora o tamanho dos secadores de cabelo seja pequeno, seu consumo de energia elétrica é bastante elevado. Se for usado durante 15 horas por mês, um secador com potência de 1.000 W gastará 15 kWh.

Naturalmente que esses aparelhos não os únicos a consumir energia elétrica, o valor da conta de luz é formado pela soma de todos, mas especialmente são os itens comuns em todas as casas e sua participação no valor final da conta é grande.

Por último indicamos aos clientes que quando forem comprar aparelhos elétricos optarem por aqueles que possuam selos de eficiência energética, pois quanto melhor ela for, menores serão os gastos com energia.

Fonte da imagem: www.clamper.com.br
Fontes: www.estilo.uol.com.br e www.economia.uol.com.br
 

 

, , , , , ,